Mix de Marketing: a importância dos 4 P’s para a sua empresa

Você já ouviu falar em mix de marketing? Trata-se de um conjunto de elementos que representam as atividades que o marketing engloba, e tem como objetivo fazer com que o consumidor deseje comprar os produtos e serviços de uma marca.

Ele se baseia em 4 elementos, conhecidos como 4 P’s, que veremos mais adiante. Entender seu conceito é fundamental, uma vez que o marketing é muito mais do que divulgação.

Ele também envolve outras áreas, como finanças, produção, logística, dentre outras, fazendo com que dialoguem entre si e tragam muitos benefícios para a organização. No entanto, todas essas ações só dão certo se houver muito planejamento.

É essa aliança entre diversos fatores que possibilita o mix de marketing, e com isso, a marca pode trabalhar todos os aspectos de seu produto ou serviço.

Só que antes de colocar essa estratégia em prática, é preciso entender o seu conceito, e é sobre esse assunto que trataremos neste artigo.

Também vamos explicar seu objetivo, função e detalhar quais são os 4 P’s e como se definem. Por fim, mostraremos seus benefícios e como o mix de marketing ajuda uma empresa. Então, se você tem dúvidas, acompanhe a leitura!

O que é mix de marketing?

Como abordamos no início, o mix de marketing, também conhecido como composto de marketing, são elementos que representam as atividades que envolvem o marketing. Para isso, ele se baseia nos 4 P’s, que são:

  • Produto;
  • Preço;
  • Praça;
  • Promoção.

É uma versão mais completa do marketing para que as ações do setor sejam globalizadas. Além disso, se baseia em uma série de variáveis importantes, com ameaças e oportunidades que precisam ser exploradas.

Isso porque quando uma gráfica de flyer digital avalia suas forças e fraquezas, consegue definir as táticas mais eficientes para alcançar os resultados que deseja.

Com base nessa afirmação, podemos dizer que o mix de marketing é a união de elementos em busca do mesmo objetivo, o que facilita a aplicação do que foi elaborado, de forma coletiva.

É como se fosse uma força-tarefa que une tudo o que está relacionado ao marketing, levando a marca a atingir resultados muito mais promissores.

Então, por meio desse objetivo de união entre todos os elementos que compõem as atividades de marketing, chegamos a sua principal função, que é despertar o desejo de compra nos consumidores.

Entretanto, para colocar essa estratégia em ação, precisamos conhecer seus elementos: os P’s do marketing. A seguir, vamos definir cada um deles.

1 – Preço

Precificar um produto ou serviço nem sempre é entendido como uma atividade do marketing, mas é. Isso porque o preço é fundamental para construir a imagem da marca, além de ser o responsável por gerar a receita da empresa.

Logo, antes de empregar o mix de marketing e cobrar determinado valor por um notebook novo, a loja entende que esse P envolve preço da lista, formação do preço, modelo de cobrança, variações regionais, políticas de desconto, condições e formas de pagamento.

É o valor que o cliente paga pelo produto e o valor que agrega ao seu dia a dia de alguma forma. Ele engloba fatores psicológicos, visto que o consumidor avalia, dentre outras questões, o custo-benefício da aquisição.

Então, quanto mais valor ele enxerga em um produto ou serviço, mais ele está disposto a pagar.

2 – Produto

É em torno do produto que os outros P’s se baseiam, e ele envolve as características e opções, a qualidade, design, linhas de produto, seu branding e serviços agregados.

Esses fatores levam os consumidores a identificar os atributos do produto ou serviço. Por exemplo, uma pessoa que vai comprar um celular, observa seu design, mas também sua capacidade de memória.

Também é nesse momento em que é analisado o ciclo de vida da solução, para entender o momento dela e quais são as melhores estratégias de marketing com base nisso.

3 – Praça

A praça se refere aos locais onde aqueles produtos com rótulos em inglês são distribuídos, ou seja, os canais de venda, que podem ser físicos ou virtuais. É por meio desse P que sabemos como as soluções chegam às mãos dos consumidores.

Além dos canais de distribuição, também envolve cobertura de distribuição, pontos de venda, regiões, locais de estoque, logística e frete.

A distribuição depende do produto ou serviço, de suas possibilidades logísticas, os custos, tempo de entrega, canais de vendas, número de intermediários, entre outros aspectos.

Por exemplo, uma marca de roupas pode vender os itens em seu próprio estabelecimento, mas também em lojas multimarcas e no e-commerce.

4 – Promoção

Quando pensamos em promoção de um produto ou serviço, logo nos lembramos das estratégias de marketing, mas neste caso, ela não está associada a descontos e liquidações.

Aqui, a promoção está relacionada aos estímulos de demanda junto ao público-alvo, o que envolve ações como propaganda, venda pessoal, promoção de vendas, publicidade, relações públicas, assessoria, merchandising, marketing digital.

Trata-se da maneira como uma empresa de serviço de pinturas, por exemplo, se comunica com o público-alvo, despertando seu interesse e criando expectativas no consumidor.

Benefícios do mix de marketing

O mix de marketing posiciona a empresa no mercado, de acordo com o posicionamento que ela deseja alcançar, e a maneira como ela define seus P’s transmite seu posicionamento e consolida sua imagem.

Só que isso não significa sair divulgando suas soluções, mas sim, planejar o composto de marketing de forma integrada.

Para alinhá-los, é necessário definir o público-alvo e o posicionamento de mercado, que direcionam os P’s. Esse mix ajuda a criar uma imagem coerente dentro do mercado de atuação.

Outro benefício é que ele cobre todos os pontos de contato com o consumidor. Assim, uma fabricante de sacolas ecobag personalizadas vai além das ações de promoção e divulgação.

Contudo, a percepção sobre a marca e a decisão de compra recebe a influência de muitas outras questões, que envolvem a experiência do cliente com a marca, como experimentar um produto, pesquisar preço ou ver um anúncio nas redes sociais.

Por fim, essa estratégia diferencia a marca de seus concorrentes, visto que ela consegue se consolidar e melhorar seu posicionamento. Tudo porque os P’s transmitem sua essência, diferenciais e proposta de valor.

Como os Ps do marketing podem ajudar as empresas?

O mix de marketing ajuda uma empresa por meio de um passo a passo simples no momento de defini-los, sendo eles:

Definir o produto

Definir o produto é mostrar como ele soluciona as dores dos consumidores, como no caso de um banco de plástico para jardim, que não vai estragar ao ser exposto à chuva e sol, o que pode acontecer com um banco de madeira.

Com base nessa afirmação, é possível elaborar estratégias atrativas e direcionadas para o público certo, neste caso, pessoas que querem um banco de jardim aberto, que não se deteriora ao longo do tempo.

Assim, defini-se a demanda que esse banco atende, como as atende, como as pessoas devem usá-lo, suas características e o que o diferencia dos demais.

Definir o preço

O preço deve ser lucrativo e condizente com o mercado, mas não esqueça de que os consumidores estão dispostos a pagar mais por algo que agregue valor às suas vidas.

Neste contexto, uma clínica de tratamento de flacidez abdominal encontra o equilíbrio entre todas as características de seu serviço, levando em conta os custos envolvidos, valor que o cliente se dispõe a pagar e o preço da concorrência.

Definir a praça

Definir a praça envolve mais do que decidir se você vai vender seu produto pela internet ou em uma loja física. Precisamos saber onde está o público-alvo, ou seja, se eles procuram a solução nas redes sociais, sites de venda ou loja física.

Também é necessário pensar na logística, se a equipe deve ser aumentada, as ferramentas necessárias e o que precisa ser personalizado.       

Definir a promoção

A quarta e última estratégia que mostra como o mix de marketing ajuda uma empresa, como uma gráfica de banner informativo, é saber definir a promoção do produto.

Assim, é possível investir nas estratégias certas, fazendo com que o cliente enxergue o potencial do produto e o veja como a solução que procura.

Para isso, é necessário definir os canais de divulgação, pesquisar dias e horários para promover o produto, identificar ações que trazem bons resultados e conferir quais são as estratégias adotadas pelo concorrente.

Conclusão

Como vimos, o marketing vai muito além de promover uma marca, e por meio dele, podemos conhecer melhor as soluções que oferecemos, para aí sim investir em estratégias inteligentes e assertivas.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre o mix de marketing, quais são os elementos que o constituem e de que maneira ele ajuda uma empresa a se destacar. Agora você já pode alcançar o sucesso aplicando essa estratégia de maneira mais assertiva.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *