Vale a pena colocar o Pinterest na sua estratégia de marketing?

Uma estratégia de marketing digital pode contar com vários canais para impactar o público da empresa, e um deles é o Pinterest.

Essa rede social é baseada na categorização de imagens em termos conhecidos como pin (alfinete) e interest (interesse). As imagens são categorizadas em um painel de ideias e inspirações para o dia a dia das pessoas.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, neste artigo, vamos explicar o conceito de Pinterest, como usar seus principais recursos e dar algumas dicas de estratégias nessa plataforma.

Entenda o que é Pinterest

Pinterest nada mais é do que uma rede social criada para compartilhar e salvar ideias, por meio de publicações conhecidas como pins. Por meio delas, os usuários encontram inspirações e criam pastas com referências sobre assuntos variados.

Essa rede social surgiu em 2010, mas atualmente se posiciona como o primeiro mecanismo de busca visual da internet.

Hoje em dia, existem várias ferramentas que fortalecem a inteligência da busca visual e são diferentes do que é oferecido por outros buscadores.

No Pinterest, se você pesquisar sobre bolsa de lado grande, além de encontrar modelos compatíveis com o que você procurou, também encontrará ideias para usar esse item.

Justamente por isso, essa plataforma inspira a vida das pessoas e este é o principal objetivo do Pinterest, que atualmente possui cerca de 300 milhões de usuários.

Como usar seus recursos?

Existem alguns recursos do Pinterest que toda empresa deve usar, como no caso dos Rich Pins (pins avançados). Eles trazem informações ricas sobre as imagens, por meio de metadados adicionados ao site e vale dados pela rede social.

Qualquer usuário que salvar a imagem, terá acesso às informações, mas esse recurso está disponível apenas para as contas Business, e possuem 4 tipos:

  • Pins de aplicativo;
  • Pins de artigo;
  • Pins de produto;
  • Pins de receita.

Outro recurso que uma empresa de cristalização de veículos pode usar é o pin code, um código customizado que reúne todas as informações sobre a rede social.

Quando é escaneado pelo aplicativo da plataforma, pode ser adicionado ao perfil ou a uma pasta da empresa. O objetivo é inserir o código em materiais impressos para que o público tenha acesso a uma pasta de inspirações.

Para usar esse recurso, basta acessá-lo na plataforma e clicar no ícone que gera o código. Outra opção para os negócios é o Pinterest Lens, uma busca por câmera que permite ao usuário identificar qualquer objeto do mundo físico.

Por exemplo, se gostou muito de uma luminária que viu na casa de um amigo ou parente e quer conhecer outras opções, basta tirar uma foto do objeto pelo aplicativo e buscar outras ideias.

Dicas para usar o Pinterest

Uma empresa de locação de jogos eletrônicos pode usar o Pinterest de várias maneiras dentro de sua estratégia de marketing digital, como:

Organizar as pastas com palavras-chave

As palavras-chave devem ser inseridas no título e na descrição da pasta, pois elas serão exibidas nas buscas dos usuários.

Ao organizar as pastas dessa forma, fica mais fácil apontar os assuntos principais para o  mecanismo de busca e para os usuários, que conseguem encontrar facilmente o que precisam.

Integrar o Pinterest

Para que seu perfil seja cada vez mais popular e atraia pessoas, você pode compartilhá-lo em outras redes sociais, como Facebook e Instagram.

Utilize o site e blog da organização para divulgar as pastas e pins, utilizando a incorporação de publicações nos posts ou adicionando widgets. Dessa forma, é possível levar os visitantes para seu perfil no Pinterest.

Caprichar nos pins

Uma empresa de conserto vídeo game deve caprichar nas postagens de seus pins porque o visual serve como critério de popularidade.

Não é necessário contratar um estúdio fotográfico ou comprar uma câmera profissional, pois mesmo tendo poucos recursos, existem técnicas de fotografia e recursos para valorizar a imagem.

Considerações finais

Sendo assim, o Pinterest é um excelente canal para a sua empresa oferecer dicas para os seguidores e mostrar todo o potencial de criatividade naquilo que faz.

Embora essa plataforma não tenha o mesmo nível de popularidade que o Facebook ou o Instagram, ainda assim vale a pena trabalhar com ela, principalmente em alguns nichos de mercado.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre essa ferramenta e de que forma ela pode ser incorporada às suas estratégias de marketing digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *